Gripe deixa navio brasileiro em quarentena na Argentina

O navio Livramento, da Transpetro, empresa de transportes da Petrobras, está em quarentena na cidade argentina de Rosário, depois da confirmação hoje de que um dos tripulantes está contaminado pelo vírus da gripe suína. Ele está internado em um hospital de referência da cidade, onde permanece em observação. O navio tem 28 tripulantes a bordo, mas nenhum outro apresentou até o momento os sintomas da doença.

PAULO MACIEL, Agencia Estado

20 Junho 2009 | 16h31

O Livramento fazia o trajeto entre os portos de La Teja (Montevidéu) e San Lorenzo (Rosário, na Argentina), onde está atracado. O tripulante apresentou os sintomas na quarta-feira, quando o comando do navio alertou as autoridades sanitárias da Argentina e do Brasil. O período de incubação da doença é de até dez dias. Nos dez dias anteriores ao aparecimento dos primeiros sintomas, o navio Livramento esteve nos terminais de Dock Sud (Buenos Aires) e La Teja (Montevidéu).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.