Grupo destrói loja em protesto por morte de rapaz no RS

Um grupo de cerca de 80 pessoas invadiu e saqueou uma loja na madrugada de hoje no bairro Parque dos Maias, em Porto Alegre, segundo informações da Brigada Militar. A suspeita é a de que a invasão aconteceu em represália à morte de um rapaz, na manhã de ontem, em uma rua do bairro, de acordo com a Brigada. Por volta das 9h30 de ontem, dois homens desceram de um carro, entraram em um armazém e atiraram contra pai e filho, donos do comércio. Marco Aurélio de Ávila Hergesell, de 21 anos, morreu no local, e Lauri Hergesell, de 41 anos, foi internado no Hospital Cristo Redentor, onde passou por cirurgia no abdômen.De acordo com a polícia, Marco Aurélio namorava com a filha do dono da loja saqueada na madrugada desta sexta-feira. O pai era contra o namoro e a polícia acredita que os próprios moradores da região tenham invadido o estabelecimento em protesto contra a morte do rapaz. A Delegacia de Homicídios está fazendo levantamento para identificar os criminosos. Segundo a Brigada, não havia circuito de segurança na loja.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.