Grupo italiano denuncia venda de areia pela internet

A associação ecologista Legambientedenunciou o "roubo" de areia das praias italianas, principalmente dailha de Elba (noroeste do país), que é vendida por meio de um portalde internet alemão, informou hoje o jornal La Repubblica. O portal envolvido seria o eBay, que, em sua versão alemã,oferece pacotes de areia de diferentes praias italianas a 1,99euros. Em declarações ao jornal, o diretor para as ilhas menores deLegambiente, Umberto Mazzantini, pede a intervenção da polícia e daprefeitura de Capoliveri (o município mais importante de Elba) parafrear este tipo de comércio, produto de "uma nova moda decolecionismo dos apaixonados por minerais". Para Mazzantini, a venda de areia é um "comércio ilegal dirigidoa um mercado de colecionadores que se encontra em uma perigosaexpansão" e, embora pareça uma forma "inofensiva de ter umalembrança de um lugar turístico, cria e acelera os danos no litoral"italiano.

Agencia Estado,

29 de agosto de 2006 | 13h41

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.