Grupo Maggi entra em processamento de soja no exterior

O Grupo André Maggi comprou uma participação majoritária na norueguesa Denofa e assim dá seus primeiros passos no processamento de soja no exterior, informou a empresa nesta segunda-feira em comunicado.

REUTERS

13 Julho 2009 | 13h16

Com a compra de 51 por cento das ações da Denofa, a companhia brasileira terá participação em uma unidade de esmagamento de soja em Fredrikstad, na Noruega, com capacidade de 430 mil toneladas/ano, além de uma planta de beneficiamento de óleo de colza na Polônia.

No que se refere à soja, a Denofa trabalha principalmente com o grão não-transgênico, para comercialização de óleo, farelo e lecitina.

"O fato de estar baseado na Europa, conhecendo melhor o dia-a-dia do consumidor bem como os acontecimentos mais importantes da região, ajudará o Grupo a desenvolver novos mercados e produtos para os países escandinavos", declarou o presidente do André Maggi, Pedro Jacyr Bongiolo, por meio de uma nota.

O comunicado destaca ainda que o negócio amplia a atuação da companhia brasileira em soja não-transgênica.

O valor da negociação não foi revelado.

O grupo brasileiro André Maggi, que já conta com três unidades de esmagamento de soja no Brasil, tem desde o ano passado um escritório em Roterdã, Holanda, para facilitar os seus negócios com a oleaginosa brasileira.

Neste ano, a empresa nacional anunciou um acordo de preferência com a trading japonesa Marubeni, para a originação de grãos.

Com a compra da maior parte da Denofa, o grupo brasileiro aumentará a sua capacidade anual de esmagamento, atualmente em cerca de 2,4 milhões de toneladas/ano no Brasil.

Do total adquirido pelo grupo, 11 por cento das ações foram compradas da trading Norgrain e 40 por cento da Agrenco.

"A atual composição acionária passa, com isso, a ser de 51 por cento para o Grupo André Maggi e 49 por cento para a Norgrain."

O Grupo André Maggi fechou 2008 com vendas de 2 bilhões de dólares, atuando em vários segmentos, que passam pela originação, armazenagem, esmagamento e comercialização de soja, além da produção de sementes de soja.

A divisão Agro do grupo atua na produção de soja, milho e algodão, sendo que na safra 2008/09 cultivou 206 mil hectares com essas commodities.

(Por Roberto Samora)

Mais conteúdo sobre:
GRUPO MAGGI ENTRA EM PROCESSAMENTO DE SOJA N*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.