Grupo mantém 14 reféns no fim de semana em Jarinu

Após a saída do grupo, as vítimas arrombaram a janela e saíram do quarto e acionaram a polícia

Solange Spigliatti, estadao.com.br

03 de março de 2008 | 11h02

Pelo menos seis pessoas mantiveram, durante o fim de semana, 14 pessoas reféns, entre elas três crianças, numa casa em Jarinu, no interior de São Paulo, segundo informações da Secretaria de Segurança Pública (SSP). O grupo começou a ação na noite de sexta, em Atibaia, também no interior, onde algumas das vítimas foram roubadas. De acordo com a SSP, os ladrões invadiram uma casa em um condomínio na Estrada Santa Cruz, em Atibaia. Alguns integrantes do bando pegaram documentos e cartões com senhas para fazer saques e saíram com um fiat Dobló, de uma das vítimas. Outros dois ficaram vigiando os reféns. Mais tarde, eles voltaram com um casal, num Fiesta, que também foi assaltado pelos ladrões.No dia seguinte, o grupo seguiu para Jarinu, onde morava o casal que foi abordado na rua. As vítimas foram levada com o grupo no Fiat Dobló e no Fiesta. Na casa, os reféns foram colocados dentro de um dos quartos e os outros moradores que começaram a chegar também foram rendidos. Após a saída do grupo, as vítimas arrombaram a janela e saíram do quarto e acionaram a polícia.O grupo levou documentos, cartões de crédito e débito, além de jóias, relógios, câmeras digitais, dinheiro, aparelhos celulares, entre outros objetos. Nenhum dos veículos foi levado pelo bando, eles ficaram estacionados ao lado de fora da casa. Ninguém foi preso. As informações são da Secretaria de Segurança Pública (SSP).

Tudo o que sabemos sobre:
Jarinurefénsseqüestrocárcere

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.