Grupo pede pressa em desapropriação

Um grupo com 160 integrantes do Movimento dos Sem-Terra (MST) acampou ontem na divisa da fazenda Santa Maria da Várzea, em Itapetininga, a 162 quilômetros de São Paulo. Os barracos foram montados entre a cerca da propriedade e o asfalto da estrada vicinal do bairro da Chapadinha. O objetivo é apressar o processo de desapropriação das terras para a reforma agrária.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.