Grupo preso roubava celular em SP para detentos

Roubar telefones celulares para não deixar sem comunicação os detentos ligados ao Primeiro Comando da Capital (PCC). Essa era a missão de seis assaltantes presos na semana passada por policiais da Delegacia de Roubo a Bancos do Departamento de Investigações sobre Crime Organizado (Deic). Segundo a Polícia Civil, o bando assaltou pelo menos três lojas das Casas Bahia, na capital paulista. O último assalto atribuído ao bando aconteceu numa loja da zona leste, no início do mês. Com os assaltantes foram apreendidos 110 aparelhos de telefone celular, sete notebooks e outros equipamentos eletrônicos. Entre os presos está um receptador. Ele encomendava à quadrilha os laptops e outros produtos de informática. O material roubado lotou duas caixas de papelão. Um dos criminosos foi flagrado no teto da loja. Ele não resistiu à prisão, mas ficou com medo de se entregar. O ladrão ainda perguntou a um investigador: ?O senhor é da Polícia Civil ou da Polícia Militar?? O assaltante disse que temia ser baleado por algum PM. As informações são do Jornal da Tarde.

AE, Agencia Estado

19 Dezembro 2008 | 10h22

Mais conteúdo sobre:
criminalidade SP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.