Guarda Civil é baleado durante tentativa de roubo em SP

Ao ser abordado, Laerte Tomás portava uma arma na cintura, o que levantou suspeitas de que seria policial

Ricardo Valota, estadao.com.br

13 Janeiro 2009 | 07h36

O guarda civil metropolitano Laerte Tomás de Lima foi ferido com quatro tiros ao ser abordado por três jovens na noite desta segunda,12, quando usava um orelhão na região do bairro Tatuapé, zona leste de São Paulo.  Os suspeitos abordaram a vítima que, à paisana, portava uma arma junto à cintura. Ao ver que Lima estava armado e que poderia ser um policial, o trio resolveu atirar e tomar a arma da vítima. Dois dos suspeitos, ambos menores, foram detidos minutos depois, quando fugiam.Acionados, policiais militares da Força Tática do 8º Batalhão localizaram a dupla e recuperaram a arma levada do guarda. O terceiro suspeito fugiu. Laerte segue internado em estado grave no pronto-socorro do Hospital Tatuapé. O caso foi registrado no 30º Distrito Policial (DP), do Tatuapé.

Mais conteúdo sobre:
crimehomicídioguarda civilSP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.