Guerreiros de Xian terão sua própria estação de metrô na China

As cerca de 7 mil réplicas de guerreiros, feitas em terracota, representam o exército do primeiro imperador

EFE,

13 de abril de 2009 | 15h50

Guerreiros de Terracota de Xian - réplica do exército do primeiro imperador chinês, Qin Shihuang - terão uma estação subterrânea de metrô junto a eles, para facilitar a chegada dos 7,5 milhões de turistas que visitam anualmente o monumento.   O dirigente do Partido Comunista em Lintong, distrito de Xian onde estão as réplicas dos guerreiros, anunciou que o trem subterrâneo será inaugurado em 2013 e cobrirá, em 50 minutos, os 30 quilômetros do trajeto entre o centro da cidade e o monumento.   Xian, cidade da região central da China e capital do império chinês em diversas dinastias, começou a construir seu metrô em 2006.   As cerca de 7 mil réplicas de guerreiros, feitas em terracota - argila assada em fornos - foram descobertas causalmente em 1974, por agricultores que cavavam um poço.   Elas foram enterrados no Mausoléu de Qin Shihuang, primeiro imperador da dinastia que unificou China há mais de 2 mil anos, alinhados em formação de batalha junto a seus cavalos e seus carros, para proteger o túmulo do monarca, que estava obcecado pela vida eterna.

Tudo o que sabemos sobre:
xianguerreiroschinaterracota

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.