H1N1 atinge estrangeiros em escola de idiomas francesa

Dezenas de adolescentes e adultos estrangeiros foram diagnosticados com o vírus H1N1 em uma escola de idiomas em Cap d'Ail, no sul da França, informaram autoridades locais neste sábado.

REUTERS

08 Agosto 2009 | 17h02

Cinco adultos e 59 adolescentes da escola apresentaram sintomas da gripe e 10 deles fizeram exames inicialmente para influenza A em geral e, depois, para o vírus H1N1.

"Os 10 testes deram resultado positivo para o vírus H1N1", disse à Reuters Thierry Mathieu, médico da autoridade sanitária da região.

Os pacientes foram isolados em um dos prédios do Centre Mediterraneen Linguistique, onde cerca de 150 adolescentes e 30 adultos de Europa, Estados Unidos, Rússia, Kuwait e outros países estudam francês.

Alguns estudantes deixaram o local depois de a gripe surgir e novas chegadas foram temporariamente canceladas.

Mais conteúdo sobre:
GRIPEFRANCAESTRANGEIROS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.