Há 15 dias, crise ameaçava o Inter. Agora, já fala em título

Bastaram duas rodadas para o Internacional trocar a perspectiva de crise pela da conquista de seu quarto título brasileiro. Há duas semanas, o time estava em sexto e sofria críticas da torcida. Agora, depois de duas vitórias, contra Santos e Atlético-MG, aliadas a tropeços dos concorrentes São Paulo, Flamengo, Palmeiras, Atlético e Cruzeiro, está em terceiro e espera assumir a liderança no domingo, para não depender da ajuda do rival Grêmio na última rodada.

PORTO ALEGRE, O Estadao de S.Paulo

24 de novembro de 2009 | 00h00

O Inter tem 59 pontos, o Flamengo 61 e o São Paulo, 62. Só que o caminho dos gaúchos é menos espinhoso. Visitam o rebaixado Sport e, depois, recebem o Santo André, possivelmente também já na Série B. Se alcançar os concorrentes em pontos nesta rodada, o Inter passa à frente no número de vitórias.

"Está aberto, é possível, vamos sonhar, mas vamos sonhar com os pés no chão", afirmou o vice de futebol, Fernando Carvalho. "Não temos como não pensar em título diante das novas possibilidades", avaliou Andrezinho.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.