Habeas corpus é negado a bombeiro preso no RJ

Apenas um dos 439 bombeiros presos no Rio de Janeiro, após invasão do quartel central da corporação, entrou com pedido de habeas corpus e esse pedido foi negado, informou hoje o Tribunal de Justiça do Estado (TJ-RJ). A decisão foi da juíza Maria Izabel Pena Pieranti, do Tribunal de Justiça do Rio.

CAROLINA SPILLARI, Agência Estado

07 Junho 2011 | 18h55

Os bombeiros fizeram uma manifestação por melhores salários na última sexta-feira, que acabou culminando na invasão do quartel. Após serem acuados por policiais militares, os 439 bombeiros foram presos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.