Hamilton vence na China e interrompe série de vitórias de Vettel

O britânico Lewis Hamilton venceu um emocionante Grande Prêmio da China no domingo e encerrou uma série de quatro vitórias consecutivas do atual campeão mundial de Fórmula Um, Sebastian Vettel.

REUTERS

17 de abril de 2011 | 10h04

O alemão Vettel cruzou a linha de chegada em segundo lugar, 5.1 segundos após o britânico, que quase não conseguiu largar por conta de um problema no motor pouco antes da corrida.

O australiano da Red Bull, Mark Webber, terminou em terceiro lugar depois de largar em 18.

"Foi incrível, muito obrigado," gritou Hamilton de felicidade depois de obter sua primeira vitória desde a Bélgica em agosto do ano passado.

O britânico de 26 anos, que venceu em Xangai em seu caminho para o título em 2008, foi o primeiro piloto a vencer duas vezes na China, uma vez que o circuito entrou no calendário em 2004.

"O carro simplesmente não iria largar," disse Hamilton sobre os problemas antes da corrida que fizeram os mecânicos da McLaren trabalharem arduamente para tirá-lo da garagem e colocá-lo na segunda fila do grid apenas alguns segundos antes do início da corrida.

Vettel tinha vencido as duas primeiras corridas da atual temporada, e também terminou em primeiro lugar nas duas últimas de 2010 e começou o GP da China na pole novamente, e com a condição de favorito.

No entanto, sua decisão de fazer duas paradas contra três de Hamilton provou ser crucial, pois o piloto da McLaren aproveitou seus pneus novos e atacou a Red Bull nas últimas voltas.

CORRIDA EMOCIONANTE

"Parabéns a Lewis (Hamilton) e a McLaren (...) Eles fizeram um ótimo trabalho," disse Vettel após o final emocionante da corrida. "Vi que faltavam sete voltas para o fim e havia pouco que pudesse fazer," disse ele sobre a perseguição de Hamilton.

Vettel tem agora 68 pontos, enquanto Hamilton subiu para segundo lugar geral com 47. A Red Bull tem 105 contra 85 da McLaren e 50 da Ferrari.

"Não vejo a segunda posição de hoje como uma decepção (...) considerando todas as coisas, estamos felizes com o segundo lugar. Ser o primeiro não era uma opção," disse Vettel.

O outro piloto da McLaren, Jenson Button, terminou em quarto lugar depois de largar na primeira fila. O alemão Nico Rosberg terminou em quinto com a Mercedes, seguido pelas Ferraris de Felipe Massa e Fernando Alonso, sexto e sétimo, respectivamente.

O heptacampeão mundial Michael Schumacher cruzou a linha em oitavo lugar no circuito onde fizera seu último pódio com a Ferrari em 2006.

Mais conteúdo sobre:
F1GPCHINA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.