Havelange segue internado e sofre de infecção bacteriana grave

O ex-presidente da Fifa e presidente de honra da entidade, João Havelange, está com um infecção bacteriana grave, informaram nesta terça-feira os médicos que cuidam do dirigente.

REUTERS

20 Março 2012 | 13h31

Exames de sangue detectaram que o ex-presidente da Fifa, de 95 anos, está com uma um artrite séptica. "Os exames diagnosticaram uma infecção bacteriana grave (artrite séptica)... comprovada através de culturas do sangue", diz o comunicado distribuído pelo médico João Mansur Filho, chefe da unidade coronariana do hospital Samaritano, no Rio de Janeiro.

Havelange deu entrada na unidade no último domingo e desde então está passando por uma bateria de exames e sendo monitorado. Não há nenhuma previsão de alta ou de mudança de unidade, de acordo com os médicos.

Segundo funcionários do hospital, Havelange recebeu nessa terça-feira a visita do novo presidente Comitê Organizador Local da Copa de 2014 e da Confederação Brasileira de Futebol, José Maria Marin, e da neta Joana Havelange, filha do ex-genro e ex-presidente da CBF, Ricardo Teixeira.

O presidente do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), Carlos Nuzman, também esteve no hospital na segunda-feira.

"Havelange escreveu páginas importantes do esporte mundial e do futebol. Temos um futebol antes e depois dele. Espero que ele posso continuar conosco para continuar com duas ideias e colaboração... muito que sei aprendi com ele", disse Nuzman a jornalistas.

(Reportagem de Rodrigo Viga Gaier)

Mais conteúdo sobre:
FUT HAVELANGE INFECCAO GRAVE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.