Hering reestrutura marcas, anunciará rede Kids em breve

A Cia Hering deve anunciar em breve o desenvolvimento da rede de lojas Hering Kids, voltada ao público infantil, afirmou nesta sexta-feira o presidente-executivo da varejista de vestuário, Fabio Hering, em teleconferência.

REUTERS

28 de outubro de 2011 | 12h22

"Estamos construindo a decisão, muito em breve vamos anunciar. Existe um potencial muito grande a ser explorado por essa rede", disse ele, acrescentando que as lojas devem começar a ser inauguradas em 2012.

Na fase de capturar os resultados dos projetos-piloto da nova rede, a Hering informou ainda que algumas operações sob a bandeira PUC, também destinada ao público infantil, estão sendo reavaliadas e podem ser descontinuadas, acompanhando a reformulação da estratégia da marca.

Voltadas a consumidores de renda mais alta, as lojas PUC, em alguns casos, estão "mal localizadas para atingir esse público", segundo o presidente-executivo da companhia, o que exigirá correções.

Ele descartou, entretanto, a possibilidade de as atuais lojas da marca PUC serem convertidas para o formato Hering Kids. "Não existe essa possibilidade... não é parte da nossa estratégia", ressaltou.

O executivo afirmou também que a varejista dará continuidade aos investimentos voltados a desenvolver a marca dzarm., que inclui planos de abertura de unidades 'flagship' --loja conceito--, a exemplo da inaugurada em um shopping em São Paulo.

A Hering divulgou na véspera um aumento de 63 por cento no lucro do terceiro trimestre, para 63,7 milhões de reais, acima do esperado pelo mercado.

O desempenho das vendas, no entanto, ficou abaixo das expectativas da companhia, segundo o executivo.

"Foi um trimestre esquisito, atípico", afirmou ele, citando questões relacionadas ao clima, que levaram ao desabastecimento de lojas em julho.

As vendas pelo conceito mesmas lojas --que considera aquelas em operação há pelo menos um ano-- cresceram 9 por cento de julho a setembro, impulsionadas pelo aumento da ordem de 10 por cento do ticket médio dos produtos.

As ações da Hering avançavam nesta sexta-feira e, às 12h17, subiam 4 por cento, a 38,37 reais, enquanto o Ibovespa caía 0,19 por cento.

(Por Vivian Pereira)

Mais conteúdo sobre:
CONSUMOHERINGKIDS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.