História empratada

Ninguém entendeu nada quando, em 2009, o toscano Fulvio Pierangelini fechou seu restaurante, Gambero Rosso, em San Vincenzo. Na cozinha do duas estrelas Michelin, Pierangelini criou pratos memoráveis. O mais famoso foi a passatina di ceci con gamberi (veja receita no site do Paladar). Com simplicidade franciscana, o purê de grão-de-bico com camarões leva seis ingredientes e foi tão copiado que o jornalista Paolo Marchi escreveu: "Se Pierangelini recebesse um euro por cada cópia da passatina di ceci, hoje estaria muito rico".

O Estado de S.Paulo

01 Novembro 2012 | 02h11

Pierangelini contou a história e o modo de preparo da receita na série de aulas Pratos que Fizeram História. A série teve também Davide Scabin, do Combal.Zero, em Turim, e seu cyber egg, preparado com gema, vodca, chalota e caviar. Os ingredientes são colocados em bolha plástica. O prato chega à mesa com um bisturi no lugar do talher. O truque é furar a embalagem e sugar o conteúdo. Criado em 1998, o prato é dos mais pedidos no restaurante turinense duas estrelas Michelin.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.