HIV atinge 0,5% da população brasileira de 15 a 49 anos

Cerca de 0,5% da população brasileira entre 15 e 49 anos é portadora do HIV, revela o Boletim Epidemiológico de Aids divulgado hoje pelo Ministério da Saúde. O número de casos da doença no País apresenta uma tendência de queda. Em 2006, foram registrados 32.628 casos novos da infecção. Em 2002, haviam sido notificados 38.816 novos pacientes. "Mas é cedo para falar que o número de casos está caindo. Para isso, precisamos esperar pelo menos mais dois anos", afirmou a coordenadora do Programa de Aids do Ministério da Saúde, Mariangela Simão.Ao longo dos anos, a distribuição da doença entre os sexos mudou de forma significativa. Em 1985, havia 15 pacientes homens para cada caso feminino confirmado da doença. A proporção caiu de forma espantosa. Agora a relação é de 1,5 casos de homem para cada caso feminino. Na faixa etária entre 13 e 19 anos, há mais casos de mulheres com a doença do que de homens.O boletim mostra ainda uma redução do número de casos da doença entre usuários de drogas injetáveis. Para Mariangela, essa redução é fruto da combinação de três fatores: eficácia do programa de redução de danos, que distribui seringas para usuários; morte de parte dos pacientes dependentes de drogas injetáveis; e também a mudança do perfil do uso de drogas no País. "O uso de crack agora é muito mais intenso do que o de drogas injetáveis", observa.

LÍGIA FORMENTI, Agencia Estado

21 de novembro de 2007 | 17h32

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.