HIV pode se reproduzir no testículo humano, mostra estudo

Pesquisadores demonstraram que a replicação do HIV, o vírus da aids, pode ocorrer dentro de células imunológicas do testículo humano, oferecendo uma explicação para o fato de o vírus continuar a aparecer no sêmen, mesmo após a aplicação de terapias anti-retrovirais. O estudo será publicado na edição de dezembro do periódico The American Journal of Pathology.O sêmen continua a ser o principal canal de transmissão do vírus, e a persistência do HIV nesse material, mesmo depois de a terapia anti-retroviral tê-lo eliminado do sangue, vinha intrigando especialistas.Pesquisadores, liderados por Nathalie Dejucq-Rainsford, cultivaram tecidos do testículo humano em laboratório. Essas culturas, que mantiveram a mesma arquitetura de tecido que existe no corpo e seguiam produzindo o hormônio testosterona, mostraram-se capazes de sustentar populações de HIV. Além disso, vírus gerados nesses tecidos mostraram-se perfeitamente ativos, e foram capazes de infectar outras culturas de células.Os pesquisadores esperam, agora, que seu trabalho ajude na criação de novas drogas anti-retrovirais, que sejam capazes de atingir o HIV presente nos testículos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.