Holandesa é presa em SP com mais de 3 kg de ecstasy

Tijolo de comprimidos de ecstasy estava revestido de filme PVC e de papel carbono, escondido no forro da mala

SOLANGE SPIGLIATTI, Agencia Estado

29 de janeiro de 2008 | 15h26

A Polícia Federal (PF) prendeu nesta terça-feira, 29, uma holandesa de 18 anos com mais de três quilos de comprimidos de ecstasy, no Aeroporto Internacional de Guarulhos (Cumbica), na Grande São Paulo. Nadine C. foi detida enquanto aguardava a bagagem de seu vôo, antes de uma conexão para Assunção, no Paraguai. O tijolo de comprimidos de ecstasy estava revestido de filme PVC e de papel carbono, escondido no forro da mala.Nadine C. chegou ao Brasil no domingo em um vôo da companhia aérea Ibéria e deveria pegar a conexão da TAM para Assunção, mas como não conseguiu localizar a bagagem acabou perdendo o vôo. De acordo com a PF, a passageira resolveu então aguardar no aeroporto um próximo vôo para o a capital paraguaia. A Ibéria informou à passageira que providenciaria o envio da bagagem para Assunção pela TAM. Feito o check-in na TAM, ela se dirigiu à sala de embarque onde um agente de segurança da companhia aérea foi verificar se a bagagem havia sido recebida da Ibéria. Enquanto aguardava no portão de embarque, um agente da da PF perguntou se a bagagem apresentada era dela. Com a resposta positiva, ela foi presa e encaminhada até a delegacia da Polícia Federal.

Tudo o que sabemos sobre:
tráfico de drogasecstasyCumbica

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.