Homem armado é morto após invadir ministério na Estônia

Um homem disparou tiros e lançou uma bomba de fumaça contra o Ministério de Defesa em Tallinn, na Estônia, e foi morto quando a polícia chegou ao local, disseram autoridades nesta quinta-feira.

REUTERS

11 de agosto de 2011 | 12h49

Segundo comunicado da promotoria, um homem com uma arma invadiu o prédio do Ministério da Defesa no centro de Tallinn. Ele atirou a bomba de fumaça contra o edifício e fez dois reféns, que conseguiram fugir.

A polícia cercou o prédio e depois prendeu o homem.

Uma porta-voz da promotoria disse que o suspeito então se matou com um tiro. Um porta-voz do Ministério da Defesa disse que o homem foi morto a tiros por uma operação da polícia.

(Reportagem de Patrick Lannin, Aija Braslina e Nerijus Adomaitis)

Tudo o que sabemos sobre:
ESTONIAATIRADORMORTO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.