Homem confessa ter estuprado 17 garotas em Curitiba

Um homem de 50 anos, preso sob a acusação de cometer vários estupros em Curitiba (PR), confessou ter abusado de pelo menos 17 garotas desde 2005. De acordo com a polícia, com a detenção do suspeito foram esclarecidos dois casos de estupro registrados este ano e mais dois de atentado violento ao pudor ocorridos em 2005 e 2008. A prisão dele ocorreu na tarde de terça-feira.

PRISCILA TRINDADE, Agência Estado

23 de setembro de 2010 | 12h27

Segundo a Secretaria de Estado da Segurança Pública do Paraná (SESP-PR), o homem tentava atacar por mês de duas a três adolescentes, com idades entre 12 e 16 anos. Ele já foi reconhecido por três jovens. A polícia investiga se há mais vítimas.

Amostras de sangue dele serão coletadas para exame de DNA, a fim de confrontar com o material genético encontrado no corpo de uma criança de 9 anos, morta em 2008. Ela foi abandonada dentro de uma mala na rodoferroviária de Curitiba. O suspeito nega envolvimento no caso.

O homem foi preso em um ponto de ônibus do centro da capital paranaense. Segundo a polícia, ele já cumpriu pena pelo crime de estupro. Em 1996, foi condenado a sete anos de reclusão no Hospital Colônia Adauto Botelho, em Pinhais, na região metropolitana de Curitiba. Após ser libertado, ele teria cometido novamente os crimes. O preso foi indiciado por estupro e atentado violento ao pudor e pode ser condenado a mais de 24 anos de prisão. Ele foi levado para o Centro de Triagem II, em Piraquara.

Tudo o que sabemos sobre:
crimeviolênciaestuproconfissãoPR

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.