Homem desconhecido da Idade da Pedra é achado

Fósseis encontrados em duas cavernas do sudoeste da China revelaram a existência de um tipo de homem da Idade de Pedra até agora desconhecido, com uma incomum mistura de traços físicos arcaicos e modernos, deixando uma nova pista sobre a adiantada evolução humana na Ásia.

MADRI, O Estado de S.Paulo

15 Março 2012 | 03h04

Com idades entre 14,5 mil e 11,5 mil anos, os fósseis são de homens que conviveram com humanos modernos (Homo sapiens) em uma época em que a agricultura estava em seu princípio na China, revelaram especialistas australianos e chineses em estudo publicado na revista PLoS One.

Até agora, não haviam sido achados, no leste da Ásia, fósseis humanos de menos de 100 mil anos que se diferenciassem fisicamente do Homo sapiens, o que levou os cientistas a pensarem que nessa região não havia antecessores dessa espécie quando apareceram os primeiros homens modernos - teoria que essa descoberta contradiz.

"Esses novos fósseis podem ser de uma espécie antes desconhecida que sobreviveu até o final da Idade do Gelo, há 11 mil anos", disse Darren Curnoe da Universidade de Nova Gales do Sul, da Austrália, que liderou o estudo com arqueólogos chineses. / EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.