Homem diminui dedo da mão para usar iPhone

Cirurgia foi feita nos Estados Unidos e trará resultados de longo prazo

Lucas Pretti, do estadao.com.br,

10 Agosto 2007 | 12h35

O americano Thomas Martel, de 28 anos, é um homem grande. Por isso, tem dificuldades em usar pequenos aparelhos eletrônicos como seu novo iPhone, celular da Apple. Não tem mais. Ele diminuiu seu dedo com uma cirurgia, informou o jornal North Denver News.   Veja também:  Apple terá versão menor e mais barata do iPhone Usuário processa Apple por bateria de iPhone   "Desde meu velho Treo, para meu Blackberry, agora para o iPhone, tinha muita dificuldade para apertar as teclas certas, e sempre perdia algumas funcionalidades", disse Martel. "Claro que a cirurgia saiu cara, mas vale a pena pelo enorme tempo que vou economizar no uso de tecnologias modernas. A cirurgia vai se pagar em dez ou 15 anos."   O cirurgião Robert Fox Spars, que desenvolveu a técnica utilizada na operação, diz que a plástica deve ser útil para as pessoas. "A cirurgia vai ter uma aplicação prática fantástica."   O procedimento médico envolveu duas incisões dos polegares de Martel. Ele teve os músculos das mãos alterados, assim como o tamanho das unhas. O novo dedo do americano parece agora afeminado, em comparação à mão, ainda grande.   "Mas ainda consigo fazer quase tudo o que fazia antes. Só abrir latas de molho de tomate é que se tornou um problema."

Mais conteúdo sobre:
Apple iPhone Celular Estados Unidos

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.