Homem é preso ao tentar sacar R$ 260 mil em precatório

O empresário Max Valentim Fonseca, de 39 anos, foi preso ontem em São João de Meriti, no Rio de Janeiro, acusado do crime de estelionato. Ele foi surpreendido pelos policiais no interior de uma agência do Banco do Brasil, no centro da cidade, quando tentava sacar a quantia de R$ 264.549,94 em precatórios.

SOLANGE SPIGLIATTI, Agência Estado

07 de janeiro de 2011 | 17h02

Desconfiado do alto valor da transação, o gerente acionou os policiais que constataram que a identidade usada por ele era falsa e em nome de Luiz Henrique, titular da conta. O delegado da 64ª Delegacia de Polícia, Marcos Santana, instaurou outro inquérito para identificar o restante da quadrilha especializada nesse tipo de crime.

Tudo o que sabemos sobre:
prisãosaqueprecatóriosRio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.