Homem é preso após confessar que matou a mãe

Geraldo Lobo Queiroz, de 37 anos, matou a mãe após ela se recusar a dar dinheiro para ele

Tiago Décimo, Agência Estado

09 Abril 2012 | 14h52

SALVADOR - Foi preso na manhã desta segunda-feira, 9, em Castro Alves, na Bahia, a 194 quilômetros a oeste de Salvador, um homem de 37 anos que confessou ter roubado e assassinado a mãe. Segundo a Polícia Civil, Geraldo Lobo Queiroz matou Maria Lobo Queiroz, de 66 anos, no último sábado, após uma briga por dinheiro.

Filho único e desempregado, Geraldo teria ido à feira do município na manhã de sábado e, na volta, teria pedido dinheiro à mãe, que se recusou a dar a quantia. A discussão entre os dois terminou com o filho ferindo a mãe com golpes na cabeça, no quintal da casa onde moravam, na zona rural de Castro Alves. Ela morreu no local.

Após o crime, Geraldo revistou a casa, encontrou os R$ 4.550 que a mãe estava economizando para a reforma do imóvel e ligou para a polícia, dizendo que havia acabado de chegar e que tinha encontrado a mãe morta. As investigações, porém, apontaram que o próprio filho havia matado Maria. Geraldo está detido na carceragem da delegacia e será indiciado por latrocínio.

Mais conteúdo sobre:
violênciaBahia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.