Homem é preso em São Paulo com 17 cartões clonados

Um homem foi preso em flagrante na noite de terça-feira, no Portal do Morumbi, zona oeste de São Paulo, com 17 cartões bancários clonados. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP), para evitar ser preso o suspeito teria oferecido R$ 15 mil aos policiais que o autuaram e por isso, além de responder por estelionato também responderá por corrupção ativa.

GHEISA LESSA, Agência Estado

02 Maio 2012 | 13h09

A prisão foi feita após um pedestre informar agentes militares que um homem estaria com vários cartões bancários em uma agência localizada na Rua Doutor Armando Franco Soares Caiuby. Ao ser abordado, o suspeito, identificado como G.F.D, de 41 anos, portava comprovantes de transferências e depósitos que somavam R$ 3.556. Em sua posse também estavam os 17 cartões, sendo que alguns deles tinham a senha anotada e colada no verso, de acordo com a SSP.

O suspeito informou a Polícia Militar de que sua função era a de pegar os cartões de crédito clonados e fazer as transações, e que receberia 20% do valor. Além dos R$ 15 mil oferecidos por ele na hora do flagrante, a SSP informou que outros R$ 50 mil foram prometidos pelo suspeito para serem pagos posteriormente, caso ele não fosse levado para a delegacia.

A irmã do suspeito, uma vendedora de 36 anos, levou o dinheiro oferecido até os policiais, e está sendo investigada pela Polícia Civil. O valor também foi apreendido, informou a polícia.

Mais conteúdo sobre:
prisão cartões clonados SP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.