Homem faz mulher e criança reféns em Poá-SP

Um padeiro, identificado apenas como Geraldo Mário, 45 anos, mantém reféns, desde as 17 horas de segunda-feira, a mulher, Maria Gilvanice dos Santos Cruz, e a filha, Ana Beatriz, 2, no interior da residência da família, a casa 6 de um condomínio na Rua Amparo, no bairro Palma, em Poá, região leste da Grande São Paulo.   Policiais Militares do Grupo de Ações Táticas Especiais(GATE) foram acionados e negociam com Geraldo, funcionário de uma padaria no Brás, região central da cidade de São Paulo. Ainda não se sabe que tipo de arma ele porta, tampouco os motivos que o levaram a fazer mulher, que atua na Guarda Municipal de São Paulo, e filha reféns. A área está isolada.

Fabio M. Michel, do estadao.com.br,

05 de janeiro de 2009 | 23h47

Tudo o que sabemos sobre:
SPPoárefém

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.