Homem mantém prima refém desde sexta-feira em MG

Um homem, de 32 anos, mantém a prima, de 14 anos, refém desde a última sexta-feira, 30, em uma mata dentro do Parque Nacional da Serra da Canastra, em São Roque de Minas, no centro-oeste mineiro, segundo informações da Polícia Militar.

SOLANGE SPIGLIATTI, Agência Estado

03 Abril 2012 | 09h37

Lindair Marques, que estava na condicional por furtos, estava escondido na mata, na zona rural da cidade havia alguns dias, após fazer pequenos roubos pela região, segundo a PM. Após planejar um sequestro junto com um primo, Marques procurou outro parente, outro primo, o ex-prefeito da cidade, Antônio Batista Sobrinho, na sexta-feira, 30.

Segundo a PM, Sobrinho estava com a mulher e as duas filhas quando o primo chegou. A família foi trancada, amarrada no quarto e ameaçada de morte. De acordo com a PM, por conta das ameaças que a família sofria, a adolescente de 14 anos se ofereceu para ir com o sequestrador. O outro envolvido foi preso.

Os dois permaneciam nesta terça-feira escondidos na mata da zona rural do município e a comunicação com a polícia é feita através da rádio local, que não quis se pronunciar. Segundo a PM, através da rádio, Lindair exigiu o afastamento dos policiais do caso para liberar a adolescente.

Policias continuam vasculhando a mata, com motos de trilhas, viaturas e helicópteros, e o Departamento de Operações Especializadas em Sequestro (Deosp) assumiu o caso, de acordo com a PM.

Mais conteúdo sobre:
refémMG

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.