Homem mata irmãs a tiros por suposta herança em Jaú, interior de SP

Mãe do rapaz presenciou a briga e ainda tentou desarmá-lo; ela foi internada em estado de choque

Solange Spigliatti, estadão.com.br

03 de outubro de 2011 | 15h42

SÃO PAULO - Um homem matou suas duas irmãs e depois se suicidou na noite de domingo, onde moravam, em Jaú, no interior de São Paulo. A polícia suspeita que o motivo do crime seja uma herança.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), Francisco Miranda de Almeida Prado, de 59 anos, atirou contra as irmãs, Ana Cecília Miranda de Almeida Prado, de 60 anos, e Ana Carolina Miranda de Almeida Prado, de 66 anos, após uma discussão.

A mãe, de 89 anos, presenciou a briga e os disparos e chegou a tirar a arma do filho e pedir ajuda aos vizinhos. Segundo a polícia, ela está internada em estado de choque. A polícia ainda vai ouvir um outro irmão, que não mora na cidade.

Mais conteúdo sobre:
violênciaJaúherança

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.