Homem mata PM em assalto e mantém mulher refém em SP

Ele anunciou assalto em igreja, mas policial impediu, provocando tiroteio; criminoso fugiu e invadiu casa

Solange Spigliatti, estadao.com.br

28 Janeiro 2009 | 10h16

Um homem matou nesta quarta-feira, 28, um sargento da Polícia Militar em uma tentativa de assalto a uma igreja evangélica em São José dos Campos, no Vale do Ribeira, interior do Estado. Segundo informações da polícia, ele invadiu um templo da Igreja Universal e anunciou o assalto. O PM que estava no local tentou impedir a ação e acabou baleado pelo criminoso durante o tiroteio.   Logo depois, o homem fugiu do local e invadiu uma casa no centro da cidade, nesta manhã, mantendo uma mulher refém por cerca de duas horas. Com negociações da polícia, o homem libertou a vítima e, em seguida, se entregou. Ela foi levada para uma viatura do Corpo de Bombeiros, onde recebeu atendimento, e passa bem.   O sargento da PM chegou a ser socorrido, mas não resistiu ao ferimento e acabou morrendo a caminho do pronto-socorro da Vila Industrial.   Atualizado às 11h20 para acréscimo de informações.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.