Homem morre ao tentar roubar seguranças de governador

Um assaltante morreu e dois conseguiram fugir, às 21h30 de segunda-feira, 10, ao tentarem roubar um veículo Chevrolet Omega oficial na garagem de uma residência alugada pela Casa Militar e utilizada por seguranças do governador do Paraná, Orlando Pessuti, do PMDB, que mora na casa aos fundos do imóvel invadido, no bairro Boa Vista, região centro-norte de Curitiba.

RICARDO VALOTA, Agência Estado

11 de maio de 2010 | 06h15

Armado com um revólver calibre 38, de numeração raspada, um dos assaltantes, ainda não identificado tentou render um dos policiais - à paisana - que havia acabado de estacionar o veículo na garagem. Sem saber que a casa era alugada por PMs a serviço do governador, o homem foi surpreendido pelos demais.

Na troca de tiros, o assaltante foi baleado e morreu no local. Os outros dois correram e conseguiram escapar. O governador Orlando Pessuti já havia sido deixado em casa pelos policiais. O caso foi registrado na Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos (DFRV), no bairro de Vila Isabel.

Tudo o que sabemos sobre:
violênciaassaltomorte

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.