Homem passa 35 dias em jaula com leões

Ucraniano ajudou até leoa a parir dois filhotes.

BBC Brasil, BBC

10 de setembro de 2011 | 07h18

O ucraniano Oleksander Pylyshenko passou 35 dias em uma jaula de leões em seu zoológico particular na Ucrânia.

Pylyshenko afirmou que encarou o desafio para bater um recorde mundial e ao mesmo tempo para pedir tratamento mais humano aos animais.

"Meu pai me disse: 'Deus queira que nada aconteça, mas os animais não devem ser feridos.' Por isso, não levou qualquer medida de segurança", afirmou o filho de Pylyshenko, Denis.

Dois filhotes nasceram quando Pylyshenko já estava na jaula.

Ele inclusive ajudou no parto da leoa Katya, o que amedrontou a família.

Normalmente, animais selvagens ficam ainda mais perigosos quando têm crias por perto.

Depois da experiência inusitada, Pylyshenko voltou para casa, e o leão que havia abandonado Katya retornou à jaula.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Tudo o que sabemos sobre:
leãoucrâniazoológicoleoa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.