Mohammed Asad/AP
Mohammed Asad/AP

Homens atacam ponto de checagem e matam cinco policiais no Egito

Ninguém assumiu autoria do ataque, que deixou outros dois policiais feridos no sul do Cairo

O Estado de S. Paulo,

23 de janeiro de 2014 | 07h51

CAIRO - Homens armados mascarados e guiando motos mataram cinco policiais egípcios em um ataque a um ponto de checagem no sul do Cairo nesta quinta-feira, 23, informou o Ministério do Interior. Ninguém assumiu a autoria do ataque de imediato.

O ataque na província de Beni Suef, 100 quilômetros ao sul do Cairo, foi realizado por homens em duas motos, de acordo com um comunicado do ministério. "Eles abriram fogo pesado contra as forças no ponto de checagem". Outros dois policiais ficaram feridos.

Ataques com armas de fogo e bombas contra as forças de segurança se tornaram frequentes no Egito desde a deposição do presidente islamita Mohamed Morsi pelo Exército em julho do ano passado, após protestos em massa contra o governo.

O Estado egípcio decretou "guerra contra o terror" e declarou a Irmandade Muçulmana, grupo de Morsi, uma organização terrorista. A Irmandade afirma que segue comprometida com o ativismo pacífico./ REUTERS

Mais conteúdo sobre:
EgitoIrmandade Muçulmana

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.