Honda lança Titan Mix

Modelo pode rodar só com álcool, mas tanque deve ter gasolina em dias mais frios

Da Redação, Jornal do Carro

13 de março de 2009 | 10h43

A Honda apresentou ontem, em Manaus (AM), a Titan 150 Mix, moto capaz de rodar com gasolina, álcool ou a mistura de ambos em diferentes proporções.

 

Abaixo de 15º C, tanque deve ter 20% de gasolina para facilitar partidas

 

O preço de tabela começa em R$ 6.340 na versão KS, com partida a pedal, e vai a R$ 7.290 na mais completa, com partida elétrica e freio dianteiro a disco. A linha Mix chega até o fim deste mês. Seus preços são R$ 300 mais altos que os da Titan 2009 somente a gasolina, apresentada em 30 de novembro de 2008.

 

A Honda usou o nome Mix porque com termômetros marcando menos de 15 ºC é preciso ter pelo menos 20% de gasolina no tanque, pois não há reservatório desse combustível para partida a frio, como nos carro. Uma central eletrônica opera com quatro programações, conforme o combustível ou mistura presente no tanque. E o painel traz duas lâmpadas, que indicam a necessidade de 2 ou três litros de gasolina no tanque (para 16,1 litros).

 

Cargo 125 está de volta

 

A Honda volta a vender a CG 125 Cargo, que saiu do mercado em 2005. Tem motor de 11,6 cv, banco apenas para o piloto, capacidade para 20 quilos de encomendas e tanque de 15,1 litros de gasolina. Estará à venda até o fim de março nas versões KS, com preço sugerido de R$ 5.140, e ES, a R$ 5.590. Esses valores são os mesmos da CG 125 Fan.

Mais conteúdo sobre:
AutosmotohondaTitan Mix

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.