Honduras prende 5 sírios com passaportes roubados a caminho dos EUA

Eles tentavam chegar aos EUA e tinham passado pelo Brasil

O Estado de S. Paulo

18 Novembro 2015 | 23h24

TEGUCIGALPA - Autoridades hondurenhas prenderam cinco sírios que tentavam chegar aos Estados Unidos usando passaportes gregos roubados, mas não há nenhum sinal de ligações com os ataques da semana passada em Paris, disse a polícia.

Os homens foram detidos na noite de terça-feira na capital de Honduras, Tegucigalpa, ao chegarem da Costa Rica, e estavam planejando seguir para a fronteira com a Guatemala. Os passaportes haviam sido remendados para substituir as fotografias, afirmou a polícia.

"Recebemos informações de serviços policiais de que esses cinco sírios partiram da Grécia e passaram por Turquia, Brasil, Argentina e Costa Rica antes de finalmente chegarem a Tegucigalpa", declarou o porta-voz da polícia hondurenha, Aníbal Baca. "Eles são sírios normais."

Nos Estados Unidos, parlamentares republicanos desafiaram o presidente, Barack Obama, e definiram planos para intensificar a checagem de refugiados sírios, depois dos ataques de Paris na semana passada.

Obama prometeu receber 10.000 sírios no ano que vem, mas o seu plano enfrenta resistência dura dos republicanos, preocupados que alguns dos refugiados possam estar associados ao Estado Islâmico. / Reuters

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.