Hondurenho acha ossada milenar no quintal de casa

Especialista disse que esqueleto pode ser de quatro mil anos atrás.

Da BBC Brasil, BBC

18 de fevereiro de 2008 | 19h10

Um hondurenho que estava construindo um poço no quintal de sua casa acabou encontrando um esqueleto de milhares de anos, além de utensílios de valor arqueológico.A descoberta de Andrés García ocorreu no município de San Pedro Sula, no norte do país, em uma região conhecida por seus sítios arqueológicos.O diretor do Instituto Hondurenho de Antropologia e História, Aldo Zelaya, afirmou que o esqueleto pode ser de três ou quatro mil anos. "É um esqueleto que está muito completo, é uma descoberta extraordinária, datada de três ou quatro mil anos atrás", disse Zelaya ao jornal local La Prensa. ProtolencaZelaya afirmou que é possível que a ossada seja de um membro da tribo protolenca, que viveu na região no período anterior à chegada de Colombo à América. Os restos de cerâmica foram analisados pelo arqueólogo francês René Viel. Em entrevista ao jornal hondurenho Diario Tiempo, Viel afirmou que os achados datam do período pré-hispânico. "A cerâmica é de um período formativo, de 1.200 ou 1.300 a.C.", disse Viel. No entanto, o francês ainda não analisou o esqueleto encontrado no quintal de García para afirmar a idade correta da ossada. O processo de escavação durou uma semana e foi encerrado no sábado. Segundo Zelaya, o próximo passo será terminar a análise dos objetos e expor as novas descobertas em um museu da região.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.