Hopi Hari reabre após 22 dias com menos três atrações

O parque de diversões Hopi Hari reabriu hoje, às 11 horas, após passar 22 dias interditado pelo Ministério Público após morte da adolescente Gabriella Nichimura, no dia 24 de fevereiro.

AE, Agência Estado

25 Março 2012 | 15h14

Segundo assessoria de imprensa do parque, o funcionamento é normal, conforme esperado. Permanecem interditadas três atrações que terão que se adequar às medidas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), conforme determinação da promotora de justiça responsável, Ana Beatriz Sampaio Silva Vieira.

As atrações fechadas são: West River Hotel, um trem fantasma que passa pelo interior de um hotel mal-assombrado, Simulákron, cinema 3D que simula uma montanha-russa e La Tour Eiffel, brinquedo onde ocorreu o acidente que matou a adolescente.

O parque funcionará normalmente até as 19 horas e reabre somente na próxima sexta-feira, 30.

O local voltou a funcionar porque o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), firmado com o Ministério Público de São Paulo em 1º de março de 2012, foi cumprido. O parque havia sido interditado para a inspeção de 14 brinquedos.

Mais conteúdo sobre:
Hopi Hari reabertura

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.