Horário de Verão tem redução de 2.477MW na demanda de pico--ONS

O Horário de Verão que termina na zero hora do domingo teve uma redução na demanda no horário de pico de cerca de 2.477 megawatts (MW), segundo informação do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) nesta sexta-feira.

Reuters

15 de fevereiro de 2013 | 16h22

Já a redução no consumo de energia durante o período foi de 250 MW médios. "Os 250 MWmed de redução do consumo de energia foram incorporados aos ganhos de armazenamento no período e, valorizados por um custo médio de geração térmica, representam uma despesa evitada (pela população) de cerca de 200 milhões de reais", informou o ONS, em nota.

As reduções do consumo de energia, de 0,5 por cento, e da demanda no horário de ponta, de 4,5 por cento, vieram dentro do esperado.

O principal benefício da implantação do Horário de Verão é o aumento da segurança operacional do sistema, com a diminuição dos carregamentos na rede de transmissão, maior flexibilidade operativa para realização de manutenções em equipamentos, e redução de cortes de carga em situações de emergência neste horário.

(Por Rodrigo Viga Gaier e Anna Flávia Rochas)

Tudo o que sabemos sobre:
HORARIODEVERAOONSDEMANDA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.