Hospital desaba e obriga transferência de 7 bebês na UTI

Sete bebês internados em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Neonatal e uma gestante de risco foram transferidos às pressas do Hospital Municipal Jesus José e Maria, em Guarulhos, na Grande São Paulo, após parte do prédio auxiliar do hospital desabar e cortar o fornecimento de energia. O gerador de emergência foi acionado, mas estava em local comprometido pelo acidente e poderia deixar de funcionar a qualquer momento. Ninguém se feriu.

BRUNO LUPION, Agência Estado

15 de dezembro de 2010 | 07h50

Os bebês e a gestante estavam internados no prédio principal e, por precaução, foram transferidos aos hospitais da Criança e Pimentas/Bonsucesso. Segundo o Corpo de Bombeiros, a Prefeitura de Guarulhos se comprometeu a providenciar um contêiner com gerador para dar suporte às atividades do hospital. Os pacientes fora de risco foram mantidos no Jesus José e Maria, com apoio de enfermeiras.

Das 14 salas do prédio auxiliar, quatro vieram abaixo por volta das 23h20, supostamente por uma erosão no terreno do hospital - as causas ainda serão investigadas. "Houve um colapso da estrutura do prédio, comprometendo a cabine primária de energia do hospital", explicou o capitão dos bombeiros.

Tudo o que sabemos sobre:
chuvadesabamentohospitalbebêsSP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.