Hubble fotografa galáxia do Trio do Leão

ESPAÇO

, O Estado de S.Paulo

09 Abril 2010 | 00h00

O Telescópio Espacial Hubble obteve uma imagem do maior membro do Trio do Leão, um conjunto de galáxias espirais em interação. Essa galáxia incomum, a Messier 66 (foto), que fica a 35 milhões de anos-luz, na Constelação do Leão, tem braços espirais assimétricos e um núcleo aparentemente deslocado. A assimetria é incomum em galáxias. Essa disposição peculiar provavelmente é causada pela atração gravitacional dos dois outros membros do trio, que alterou o formato original. Messier 66 é a maior galáxia do conjunto, com 100 mil anos-luz de diâmetro. Ela tem um número extraordinário de supernovas. Ela abrigou três explosões do tipo desde 1989, a mais recente em 2009.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.