Hypermarcas tem prejuízo líquido de R$29,9 mi no 2o trimestre

A Hypermarcas registrou prejuízo líquido de 29,9 milhões de reais no segundo trimestre, revertendo o lucro líquido de 53,3 milhões de reais obtido no mesmo período do ano passado, devido a despesas financeiras maiores decorrentes da variação cambial, informou a companhia nesta sexta-feira.

Reuters

10 de agosto de 2012 | 22h32

A estimativa média de quatro analistas projetava o prejuízo em 37,7 milhões de reais para a empresa de bens de consumo.

Nos seis primeiros meses do ano, o lucro líquido da Hypermarcas ficou em 10,9 milhões de reais, queda de 87,4 por cento ante os 86,2 milhões de reais em igual período em 2011.

O Ebitda (sigla em inglês para lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) no trimestre subiu 19,9 por cento na comparação anual, ficando em 230,4 milhões de reais, enquanto que o indicador obteve no primeiro semestre aumento de 10 por cento, para 399 milhões de reais.

A reestruturação da empresa, que incluiu a venda de divisões de produtos de limpeza e de alimentos, apresentou impacto positivo na receita líquida.

A receita líquida foi de 957 milhões de reais no segundo trimestre, 11 por cento superior ao montante registrado um ano antes. Nos seis primeiros meses do ano, a receita avançou 12,4 por cento, para 1,854 bilhão de reais.

"O crescimento de dois dígitos no segundo trimestre se deve a uma combinação de fatores como resiliência dos mercados em que a companhia atua, que continuaram crescendo em 2012, apesar da desaceleração econômica; marcas fortes com posições de liderança em vários segmentos; e, principalmente, os resultados das ações tomadas em 2011 e 2012, que começam agora a impactar os resultados da companhia", destacou.

(Reportagem de Fábio Couto)

Mais conteúdo sobre:
CONSUMOHYPERMARCASRESULTS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.