Ibope mostra Serra e Dilma empatados no 1o e 2o turnos

Os principais candidatos à presidência da República Dilma Rousseff e José Serra empataram na primeira pesquisa de intenção de voto feita após a exibição das propagandas partidárias do PT e do DEM, partido aliado ao PSDB de Serra.

REUTERS

05 de junho de 2010 | 18h14

Os dois candidatos já haviam registrado empate técnico em outras pesquisas, mas é a primeira vez que apresentam os mesmos índices.

De acordo com pesquisa do Ibope divulgada neste sábado, feita a pedido da do jornal Estado de São Paulo e da TV Globo, Serra e Dilma têm 37 por cento da preferência do eleitorado cada um. Marina Silva, do PV, aparece com 9 por cento.

Os números revelam que desde a última pesquisa do Ibope, em abril, Dilma subiu cinco pontos percentuais e Serra caiu três.

De acordo com o Ibope, o empate continua na simulação de um eventual segundo turno, no qual o ex-governador de São Paulo teria 42 por cento e a ex-ministra da Casa Civil o mesmo percentual. Na pesquisa de abril esses números eram respectivamente 46 por cento a 37 por cento.

Um quarto do eleitorado consultado informou que assistiu ao programa dos partidos.

Dilma conseguiu mais eleitores do que Serra após a exibição na TV ao lado do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, no programa de 10 minutos do PT veiculado no dia 13 de maio. A ex-ministra tem 51 por cento das intenções de votos dos eleitores que assistiram ao programa e 34 por cento no grupo que não viu o programa.

Já no caso de Serra, 41 por cento dos que viram o programa do DEM votariam nele, enquanto 37 por cento que não viram também votariam, revelando pouca influência do programa de TV.

O Ibope mostrou ainda que Dilma passou a frente de Serra na pesquisa espontânea, na qual os entrevistados dizem suas preferências antes de ler a lista dos candidatos.

Nessa pesquisa, Dilma aparece com 19 por cento, seguida por Serra com 15 por cento. Lula, que não está concorrendo, aparece com 12 por cento na pesquisa espontânea.

Segundo o Ibope, na região Nordeste 22 por cento dos eleitores apontam espontaneamente o pernambucano Lula como candidato preferido.

A pesquisa mostrou também que Serra é mais rejeitado que Dilma, com 24 por cento contra 19 por cento da candidata petista.

(Por Denise Luna)

Tudo o que sabemos sobre:
POLITICAIBOPEATUALIZA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.