Identificados jovens que agrediram homossexual em MS

Os universitários que agrediram um jovem de 21 anos na saída de uma boate gay em Campo Grande foram ouvidos hoje. O crime aconteceu na madrugada de sexta-feira, 15. A polícia conseguiu identificar os autores pois a vítima havia anotado a placa do veículo no qual eles estavam.

MARCELA GONSALVES, Agência Estado

19 de abril de 2011 | 19h41

Os quatro jovens acusados prestaram depoimento na 1ª DP de Campo Grande. Um deles afirmou não ter participado das agressões. Os demais confessaram envolvimento no episódio. Destes, dois estão com ferimentos na perna e no braço, resultado dos chutes e socos desferidos.

Eles responderão pela prática do crime de lesão corporal dolosa, que pode dar de 3 meses a um ano de detenção, e pela pratica do crime de injúria, que acarreta de um a seis meses de detenção. Os autores tem idades na faixa de 20 anos e admitiram que a agressão ocorreu de forma gratuita. A polícia afirmou, porém, que a homofobia não foi mencionada como motivo.

Mais conteúdo sobre:
homofobiacrimeviolência

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.