Idosa escondia droga dentro de urso de pelúcia

A Polícia Civil prendeu em flagrante na manhã desta sexta-feira uma senhora conhecida como "vovó do crack". Isabel Marina Gomes, de 64 anos, estava em seu apartamento, na região central da capital paulista, onde foram encontradas 100 pedras do entorpecente dentro de um ursinho de pelúcia. A filha e o genro dela também foram presos.

GHEISA LESSA, Agência Estado

24 de agosto de 2012 | 13h25

Agentes do 12º Distrito Policial (Pari) cumpriam mandado de busca e apreensão no edifício onde a idosa residia, na Rua Araguaia, no bairro Pari, região central da capital. Ela morava no apartamento 310 e a filha, Keila Mares Gomes Marciano, de 41 anos, residia o apartamento 303, junto com o marido, Engro Anderson Luiz Rodrigues, de 38 anos.

Dentro dos apartamentos foram encontradas e apreendidas 204 pedras de crack - 100 dentro de um urso de pelúcia na casa da aposentada e outras 104 no apartamento de Keila - além de R$ 570 em dinheiro. O trio foi preso em flagrante.

O delegado titular do 12º DP, Éder Pereira da Silva, conta que a mulher já tinha passagem pela polícia e chegou a ficar presa durante cinco meses em 2010. Ela estava sob liberdade provisória, concedida pela Justiça, quando voltou a ser investigada por agentes da mesma delegacia que a deteve na época.

Mais conteúdo sobre:
idosaapreensãodroga

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.