Imigrantes e Tamoios são interditadas após acidentes

Na Tamoios, a pista sentido litoral ficou bloqueada porque a carroceria de um caminhão se desprendeu e virou

SOLANGE SPIGLIATTI, estadao.com.br

22 de fevereiro de 2008 | 08h26

Dois acidentes na madrugada desta sexta-feira, 22, interditaram as rodovias dos Tamoios e dos Imigrantes. Às 8 horas desta sexta, não havia, no horário, previsão para a liberação das vias, segundo informações da Polícia Rodoviária Estadual (PRE) e da concessionária Ecovias.   Na Tamoios, um desvio pela pista contrária estava sendo utilizado pelos motoristas e não havia lentidão no local. A carroceria de um caminhão se desprendeu na altura do km 79 da pista sentido litoral, que ficou ocupada com parte da carga de cevada. Ninguém ficou ferido. Já na Rodovia dos Imigrantes, a lentidão seguia do km 12, onde aconteceu acidente, e ia até o km 17. Por volta das 5h30, um veículo de passeio parou na pista e um outro automóvel que vinha atrás não conseguiu frear e bateu na sua traseira. Na tentativa de desviar do acidente, uma carreta e um veículo de passeio se chocaram e acabaram atingindo um pedestre no canteiro central, que morreu na hora. De acordo com a Ecovias, uma faixa continuava interditada para a chegada dos peritos. Rodovias A Rodovia Raposo Tavares também apresentava lentidão. Os motoristas encontravam morosidade entre os trechos dos kms 22 ao 17 e 13 ao 11, segundo a Polícia Rodoviária. Outra estrada que apresentava pontos de congestionamento era a Presidente Dutra. A lentidão se concentrava principalmente na pista sentido São Paulo.   Na chegada, havia um quilômetro de trânsito lento nas duas pistas, assim como na altura do km 229. Já no km 221, na pista lateral, na região de Guarulhos, a lentidão era de seis quilômetros. No sistema Anhangüera-Bandeirantes, os motoristas também encontravam tráfego lento. A Bandeirantes estava congestionada entre os kms 19 e 13 e, a Anhangüera, entre os kms 14 e 11.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.