IML do PA conclui que moça presa com homens é menor

O Instituto Médico Legal do Pará concluiu hoje que a jovem que permaneceu 20 dias detida na mesma cela com mais de 20 homens em Abaetetuba é menor de 18 anos. O laudo detalhado será divulgado amanhã pela Secretaria Estadual de Segurança, segundo a Rádio Jovem Pan. A jovem foi submetida a exames no dia 21 para comprovar sua idade.Segundo a polícia, no momento em que foi presa, a moça afirmou ter 20 anos. O Conselho Tutelar afirma que ela tem 15 anos. De acordo com a polícia, ela foi detida em flagrante mais de uma vez por prática de crime de furto. O caso está sendo investigado pela Corregedoria da Polícia Civil, já que envolve policiais.Três delegados e policiais envolvidos na prisão da jovem foram afastados. Eles alegam que ela ficou na cela masculina por não haver carceragem feminina no município. As informações são da Rádio Jovem Pan.

FABIANA MARCHEZI, Agencia Estado

27 de novembro de 2007 | 15h38

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.