IML identifica quatro das oito vítimas com o Learjet 35 em SP

Na tarde de domingo, acidente com o jatinho deixou oito mortos, sendo seis integrantes da mesma família

Rodrigo Pereira, do Estadão,

05 de novembro de 2007 | 08h38

Quatro das oito vítimas do acidente com o jato Learjet 35, que caiu na tarde de domingo, 4, já foram identificados pelo Instituto Médico Legal (IML) Central de São Paulo. Segundo Carlos Alberto Coelho, diretor do IML, foram identificados os corpos de Ana Maria Lima Fernandes, de 21 anos; Lucas de Souza, de 21 anos; o piloto do jato, Paulo Roberto M. Firmino, de 39 anos; e o co-piloto Alberto Soares Júnior, de 24 anos. No total, oito pessoas morreram no acidente, depois que o jato decolou do Campo de Marte, na zona norte de São Paulo, e caiu, de bico, sobre quatro casas. Seis das vítimas eram da mesma família. Veja também:Movimento no Campo de Marte cresce 30% com a crise aéreaCasas atingidas por jato serão demolidas; buscas são retomadas nesta 2ªJatinho cai na zona norte de SP e deixa 8 mortos Vítimas em terra eram todas da mesma famíliaVídeo do local do acidente  Vídeo das casas atingidas pelo jato Vídeo do resgate no local do acidente Veja como foi o acidente com o Learjet 35 Galeria de fotos  Piloto foi avisado que estava na direção erradaJato estava com manutenção em dia, diz Anac Após acidente, Jobim quer mais fiscalização Em uma semana, 4 acidentes aéreos em SPJornalista testemunha queda de avião Morador flagra queda de jato e filma resgate  Instantes depois de ter decolado do Campo de Marte, com destino ao Rio de Janeiro, o jatinho caiu sobre uma casa no bairro da Casa Verde, a menos de 1 km da cabeceira da pista. Outras três casas foram atingidas pelo avião e duas pessoas ficaram feridas.Foram identificados o piloto Paulo Roberto Montezuma Firmino, de 39 anos, e o co-piloto, Alberto Soares Junior, de 24 anos; Ana Maria Lima Fernandes, de 21 anos, Lucas de Souza Só Júnior, de 20 anos. Entre as outras vítimas estão Ayres Fernandes e da mulher dele, Rosa de Lima, ambos de 54 anos; Lina Oliveira Fernandes, de 75 anos, mãe de Ayres, e o bebê Luan Victor de Lima Só, de 10 meses.  Segundo informações da Agência Brasil, familiares das demais vítimas não reconhecidas deverão auxiliar os técnicos do IML nos trabalhos de indentificação. No acidente, outras duas pessoas ficaram feridas, uma menina de 11 anos, com ferimentos leves, e uma adolescente de 16 anos, que teve parte do corpo queimado. Moradores das casas atingidas e que escaparam do acidente foram abrigadas em um hotel da zona norte de São Paulo. Texto alterado às 10h55 para acréscimo de informações.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.