Império de Casa Verde planeja reciclar e doar materiais

A Império de Casa Verde promete honrar o tema escolhido para o desfile deste ano. Inspirada na sustentabilidade, a escola diz que planeja reciclar boa parte dos materiais usados na apresentação. "Ferragens dos carros, pedras de decoração, tecidos e sapatos dá para a gente usar de novo no ano que vem", contou o presidente da agremiação, Alexandre Furtado. "Outras coisas que não dão pra guardar, tipo plumas, a gente doa para escolas menores", disse.

CIRCE BONATELLI, Agência Estado

02 Março 2014 | 05h40

Furtado, que também é aniversariante do dia, disse ter ficado satisfeito com a apresentação da Império. Nem precisa dizer que, para ele, o melhor presente seria o título de campeão do carnaval. "Seria bom demais", admitiu.

A Império de Casa Verde fez um desfile marcado por carros alegóricos gigantescos, perto do limite da altura máxima permitida no Anhembi. No limite também foi o tempo do desfile, que durou uma hora e quatro minutos, a apenas alguns segundos do teto de uma hora e cinco minutos. No final da apresentação, a festa continuou na dispersão, com os integrantes da agremiação cantando e pulando muito juntos, ao som da bateria.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.