Incêndio destrói dois galpões da Insinuante na Bahia

Um incêndio de grandes proporções destruiu, na manhã desta terça-feira, dois dos cinco galpões da Central de Distribuição da rede varejista Insinuante em Lauro de Freitas, região metropolitana de Salvador. Vinte e cinco funcionários e terceirizados trabalhavam na área quando o fogo começou, mas não houve feridos.

TIAGO DÉCIMO, Agência Estado

10 Abril 2012 | 14h43

O incêndio foi iniciado por volta das 6 horas e atingiu os depósitos de móveis e eletrodomésticos da empresa. Partes das coberturas dos galpões ruíram, dificultando o combate às chamas - que só foram controladas cinco horas depois, com os trabalhos do Corpo de Bombeiros e de brigadas do aeroporto e do Pólo Industrial de Camaçari, localizados a poucos quilômetros. A empresa ainda não calculou os prejuízos. Uma perícia deve determinar a causa do incêndio.

Mais conteúdo sobre:
incêndioBahia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.