Incêndio devasta 5 milhões de m² em SP

Área que abriga espécies raras de plantas e também animais em risco de extinção, como o lobo-guará, a jaguatirica e o tamanduá-bandeira, o Parque Ecológico Bom Jesus, no município de Pedregulho, região nordeste de São Paulo, foi devastado por um incêndio que durou três dias.

O Estado de S.Paulo

04 de outubro de 2011 | 03h03

O fogo consumiu uma área equivalente a mais de 500 campos de futebol.

Membros do Corpo de Bombeiros, proprietários de terras na região e voluntários, com o apoio de um helicóptero da Polícia Militar, conseguiram debelar as chamas quase que por completo. Os poucos focos que ainda restavam foram apagados pela chuva que atingiu a região entre a noite de anteontem e a manhã de ontem.

Mas o cenário que restou é desolador: áreas enormes de carvão e cinzas.

O fogo começou na quinta-feira da semana passada. Segundo fazendeiros, a chuva foi providencial, pois o fogo poderia se alastrar novamente.

Além do Parque Ecológico Bom Jesus, mais de dez fazendas nas proximidades também foram atingidas pelas chamas.

Os prejuízos ainda estão sendo analisados, mas quem mais perdeu foi o meio ambiente. Uma estimativa do Corpo de Bombeiros aponta que foram destruídos pelo incêndio cerca de 5 milhões de metros quadrados de área de preservação.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.